Recomendado, 2019

Escolha Do Editor

Viagra associado a maior risco de câncer de pele
Sua gravidez na semana 24
Um novo exame de sangue pode ajudar a diagnosticar a doença de Alzheimer

Por que nos mantemos em relacionamentos que nos fazem infelizes?

Em algum momento de nossas vidas, podemos nos encontrar em um relacionamento romântico que nos deixa infelizes, mas ainda assim preferimos ficar de fora. Por que persistir em um romance sem alegria quando poderíamos simplesmente terminar? Um novo estudo encontrou uma resposta surpreendente.


O que realmente torna tão difícil de terminar?

Infelizmente, relacionamentos românticos felizes são muito familiares e muitas vezes o foco de livros, filmes e agonia de tias.

Mas por que as pessoas acham tão difícil se livrar de situações que são menos do que entusiasmadas?

Uma resposta intuitiva pode ser que o relacionamento se torna "normal", algo com o qual eles estão acostumados e podem ter medo de trocar pelo desconhecido da solteirice.

Ou, talvez, o parceiro infeliz tem medo de que, uma vez que eles terminem, eles não consigam encontrar um parceiro melhor e construam um relacionamento melhor e mais forte. Um novo estudo, no entanto, sugere que a verdadeira resposta pode estar em outro lugar.

A pesquisa foi liderada por Samantha Joel, que colabora com a Universidade de Utah em Salt Lake City e com a Western University em Ontário, Canadá.

As descobertas de Joel e sua equipe, que aparecem no Revista de Personalidade e Psicologia Social, sugerem que a decisão de uma pessoa de permanecer em um relacionamento insatisfatório pode surgir de um lugar de altruísmo, ao invés de um sentimento de egoísmo ou insegurança.

Uma razão improvável para ficar de fora

Algumas pesquisas existentes sugeriram que as pessoas podem achar difícil deixar parceiros que as tornam infelizes porque têm medo de ser solteiras.

Outros estudos observam que as pessoas são mais propensas a permanecer em um relacionamento se perceberem que o esforço que seu parceiro coloca em seu sucesso é igual ao seu.

Todas essas motivações indicam que os indivíduos consideram, em primeiro lugar e acima de tudo, se e em que medida o relacionamento está atendendo às suas próprias necessidades, ou é provável que as atenda, no futuro.

No entanto, o presente estudo sugere que um fator-chave na decisão de uma pessoa de permanecer em um relacionamento infeliz pode, na verdade, ser um fator altruísta.

"Quando as pessoas perceberam que o parceiro estava altamente comprometido com o relacionamento, era menos provável que iniciassem um rompimento", explica Joel.

"Isso é verdade mesmo para pessoas que não estavam realmente comprometidas com o relacionamento ou que estavam pessoalmente insatisfeitas com o relacionamento", acrescenta ela. "Geralmente, não queremos prejudicar nossos parceiros e nos importamos com o que eles querem."

A aposta vale a pena?

Então, de onde vem essa consideração? Joel acredita que, quando percebemos que nosso parceiro está totalmente comprometido com nosso relacionamento, mesmo que nós mesmos não o façamos, isso pode nos levar a projetar esperanças para o futuro.

Assim, um parceiro infeliz pode escolher dar uma segunda chance ao relacionamento, na esperança de que ele possa reavivar o romance em algum momento. No entanto, essa esperança poderia ser infundada.

"Uma coisa que não sabemos é quão precisas são as percepções das pessoas", diz Joel, acrescentando:

"Pode ser que a pessoa esteja superestimando o comprometimento do outro parceiro e quão doloroso seria o rompimento."

Joel observa que, embora haja uma chance de que o relacionamento melhore, o que pode valer a pena a aposta, o oposto pode realmente acontecer, e a vida do casal em conjunto pode se deteriorar ainda mais, prolongando assim a agonia.

Além disso, mesmo que o outro parceiro seja verdadeiramente amoroso e comprometido, os pesquisadores perguntam se vale a pena permanecer em um relacionamento quando temos dúvidas sobre seu futuro.

Afinal, "[w] ho quer um parceiro que realmente não queira estar no relacionamento?" Joel enfatiza.

Categorias Populares

Top